A.Vogel Suplementos Naturais

Blog Oficial Avogel Portuguesa

As Maravilhas das Ervas Daninhas

por Dr. Natiris, activo 12 Junho 2014, Plantas

Da próxima vez que olhar para o jardim e reparar numa cama de ervas daninhas em vez de uma exposição floral, pode ser confortado pelo pensamento de que criou (ainda que involuntariamente) um refúgio para abelhas, insectos e borboletas. Deste modo, acabou de criar um núcleo natural de troca de vitaminas e minerais.

Sim, o Daily Mail acaba de publicar um artigo a explicar as virtudes das ervas daninhas, como as urtigas e o dente de leão. A popularidade destas nos jardins aumentou bastante, de tal modo que estas ervas daninhas outrora desprezadas, são agora usadas nos vasos de plantas de jardinagem.

Então, de onde vem esta súbita onda de popularidade para estas plantas? É apenas uma nova moda, ou há uma filosofia de funcionamento mais profundo?

Na verdade, os insectos prosperaram em molhos de urtigas. Isto porque, eles não são sensíveis ao mecanismo de picadas das urtigas, ao contrário dos seres humanos ou de muitos animais de pasto. Isto significa que os insectos podem habitar com segurança as áreas contendo urtigas, sem o medo de serem comidos por uma vaca ou outro animal. Além disso certos tipos de borboletas, usam as urtigas como terreno fértil. As borboletas, além de fornecerem um aspecto visual bonito a qualquer jardim, são importantes para a polinização das flores e legumes.

O dente de leão também é importante para manter a população dos insectos saudável. Esta erva é a dieta de muitos insectos polinizadores, incluindo a joaninha. Joaninhas são importantes para manter determinadas pragas longe, assim como também são uma parte integrante da cadeia alimentar.

Além do benefício destas ervas daninhas para a população de insectos, as suas propriedades medicinais para os seres humanos não devem ser ignoradas. Urtigas, também conhecidas como urticas, têm sido usadas por muitos anos por herbalistas como um tónico do sangue. Apresentam uma acção diurética que liberta substâncias residuais do corpo, ajudando em casos de gota, ou problemas artríticos. O dente de leão é conhecido e utilizado como uma erva de desintoxicação e agente de limpeza. Muitas vezes, classificado como uma “erva amarga” devido ao seu sabor, também tem sido utilizada para melhorar a digestão, isto porque, este sabor característico estimula a acção do sistema digestivo.

Então, da próxima vez que pensar em cortar fora as ervas daninhas do jardim, pense no benefício que estas ervas oferecem tanto às populações de insectos, como no benefício que oferecem a nós humanos, enquanto ervas medicinais.

Adicione o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Please type the characters of this captcha image in the input box

Please type the characters of this captcha image in the input box

Read more:
O reino das plantas medicinais frescas

Por volta de 1930, o naturopata suíço Alfred Vogel (1902-1996) observou que os medicamentos feitos a partir de plantas frescas...

Close