A.Vogel Suplementos Naturais

Blog Oficial Avogel Portuguesa

Arquivo para Junho, 2014

Ginko Biloba

por Dr. Natiris, activo 25 Junho 2014, Plantas, Saude, Suplementos naturais

Ginko Biloba é uma espécie vegetal. Assim como a pele enruga e a visão diminui, também a memória envelhece ao longo dos anos. Assim como os neurónios degeneram, perdem a função e morrem. É um processo constante desde o nascimento e que se torna mais crítico a partir dos 50 anos. As causas são várias: stress, depressões, consumo de álcool, mas independentemente das causas a primeira consequência é conhecida: o esquecimento das coisas quotidianas. A reversão deste problema não é ainda possível, mas existem meios para retardar e amenizar o problema.

Ginko Biloba é uma espécie vegetal que combate radicais livres e auxilia a oxigenação cerebral. É conhecida por ser um fóssil vivo e foi descrito pela primeira vez em 1690, mas apenas despertou interesse dos investigadores após a Segunda Guerra Mundial, quando estes perceberam que a planta tinha sobrevivido à radiação nuclear em Hiroshima, quando brotou no solo na cidade devasta.

Ginko Biloba pode ajudar na clareza mental e retenção de memória. Contém terpenos e polifenóis que actuam a todos os níveis do sistema circulatório: têm uma acção vasodilatadora a nível arterial, aumentam o tónus das veias e diminuem a permeabilidade capilar. Os polifenóis da Ginko Biloba têm uma poderosa acção antioxidante neutralizando os radicais livres sofre o mesmo fenómeno que a maçã quando é cortada e posta ao ar – oxidação. A única forma de combater esta acção no nosso corpo é uma dieta rica em antioxidantes, de maneira a evitar doenças crónicas, degenerativas e cardiovasculares. Os radicais livres representam um perigo acrescido para quem respira ar poluído, para quem fuma, bebe e se expõe aos raios ultra-violetas.

Ginko Biloba da Avogel (http://www.avogel.pt/produtos/ginkgo-biloba-50ml/) é uma conjugação de poderosos antioxidantes que o protege da acção maligna dos radicais livres e conserva a sua memória, para que não se esqueça de nada importante! Previna-se contra a perda de memória e comece desde já a tomar este poderoso antioxidante. As células são de uma ínfima parte do nosso organismo, mas de extrema importância. Poupe-as, o mais possível, às agressões extremas para que o envelhecer seja mais fácil e suave.
Ginko Biloba é uma espécie vegetal milenar

Echinacea Creme – Pele suave

por Dr. Natiris, activo 20 Junho 2014, Suplementos naturais

Acalma, naturalmente, tipos de pele sensível e propensas ao aparecimento de manchas. Echinacea Creme torna a pele suave.

A Echinacea, planta conhecida como sendo a mais “querida” do mundo botânico, propicia peles saudáveis e sempre bonitas.

Benefícios e características do Echinacea Creme:
• Acalma e hidrata
• Ajuda tipos de pele propensa ao aparecimento de manchas
• Eficaz em tipos de pelesensível

  • É utilizado o extrato fresco da planta
  • É um excelente hidratante diário

Se procura uma solução de cuidado diário para pele sensível queforneça hidratação,enquanto acalma e relaxa tipos de peleque necessitam de cuidados extra, então EchinaceaCreme éperfeito para si.

A pele sensível que reage mal aos desafios estéticos e ambientais adversos ficará macia e suave sob a influência naturalmente calmante do Echinacea Creme.

Echinacea Creme é produzido com extratos frescos da planta Echinacea purpurea, cultivada biologicamente nos campos próprios da AVogel, na Suíça, processada 24 horas após a sua colheita.

Não são utilizados extractos secos da planta. É usado o mesmo extracto de Echinacea com que são produzidos os famosos Echinaforce® comprimidos e gotas.

Como aplicar Echinacea Creme:

Echinacea creme pode ser usado para ajudar a manter a beleza natural da sua pele e para afastar manchas e imperfeições.

Também pode ser usado como um hidratante facial diário. Assenta perfeitamente sob a maquilhagem e pode facilmente tornar-se parte do seu cuidado diário de beleza ou de cuidados da pele.
Echinacea creme pode ser usado quantas vezes for necessário.

Apenas para uso externo. Evite o contato com os olhos.

Pode ver aqui o produto natural Echinacea Creme

Adeus Dores de Garganta e Tosse

por Dr. Natiris, activo 20 Junho 2014, Saude

As enfermidades da garganta apresentam variados sintomas, que são relacionados a diversas causas.

E necessário identificar e tratar a origem do mal para solucionar o problema. As inflamações da garganta exigem tratamento cuidadoso e urgente, pois propiciam o surgimento de Reumatismo Infeccioso, quando não são devidamente combatidas.

Enquanto persistir a inflamação, permita que sua laringe descanse, evitando falar, evitando as correntes de ar, o contacto com poeira e com fumo (especialmente o de cigarros).

Adopte uma alimentação natural, composta por frutas frescas da época e de vegetais crus; entre as refeições, beba água pura e fresca em abundância.

As principais doenças cujos sintomas se manifestam na garganta são:

  • Faringite – Pode causar sensação de granulação na garganta. Pode causar também, rubor e secura da garganta.
  • Gripe – Pode causar sensação de irritação na garganta.
  • Inflamação na garganta – Entre outras razões, pode ser causada por distúrbios gastrointestinais, ingestão de alimentos e líquidos muito quentes ou muito frios, ou uso excessivo da voz (cantores, oradores e professores, por exemplo).
  • Laringite – Pode causar sensação de aperto e secura na garganta.
  • Nevralgia – Pode provocar formação de catarro na garganta.
  • Constipação – Pode causar sensação de irritação na garganta.
  • Sífilis – Pode provocar formação de placas na garganta.

Geralmente a tosse é causada pela presença de matéria estranha nas vias respiratórias. Ocorre aquando gripe, constipações, crises de bronquite, pneumonia e coqueluche, doenças da garganta, tuberculose, etc. Pode ser produzida também pela inalação de substâncias estranhas ao organismo. Se a tosse for persistente e muito intensa, procure um médico para diagnosticar sua causa. Suspenda o uso de bebidas alcoólicas, fumo, substâncias geladas e laticínios.

O uso de Santasapina Rebuçados (http://www.avogel.pt/produtos/santasapina-rebucados/), feitos através de extractos de rebentos de pinheiro (abeto) e mel, acalmam a tosse e irritação da garganta.

A Beterraba uma amiga da nossa saúde

por Dr. Natiris, activo 20 Junho 2014, Plantas, Saude

A beterraba é um legume excelente para a saúde. O seu sabor agradável faz com que seja muito apreciada em culinária, quer em salada ou sumo.

A beterraba e o trânsito intestinal

É um legume rico em fibras, classificadas como “doces” pois são absorvidas pelo intestino, diminuem a absorção dos açúcares e estimulam o trânsito intestinal.

Se tem problemas digestivos o melhor é consumir a beterraba cozida para evitar as fermentações.

A beterraba e a visão

As folhas de beterraba são ricas em carotenóides e luteína que associadas preservam a vista. Estudos recentes demonstram que estas substâncias previnem a degeneração da mácula, problema que afecta cada vez mais a população.

A beterraba e o cérebro

Cientistas americanos fizeram uma experiência com 14 pessoas com idades à volta dos 70 anos e descobriram que bebendo sumo de beterraba quotidianamente diminuíam grandemente o envelhecimento do cérebro.

A beterraba e o coração

Proteja o seu coração comendo regularmente beterraba.

A beterraba é rica em antioxidantes e especialmente em flavonoides que protegem o nosso organismo dos radicais livres potencialmente responsáveis pelas doenças cardiovasculares.

Segundo alguns especialistas é mais eficaz consumir a beterraba crua, em sumo ou em salada.

Experimente fazer uma salada diária de beterraba ralada e temperada com azeite virgem, vinagre de cidra e alho picado.

A beterraba e o cancro

A beterraba deve a sua cor vermelha a uma substância especial chamada bétamina. Esta substância tem uma acção antioxidante, luta contra os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento prematuro do organismo e pelo desenvolvimento de certas doenças degenerativas como o cancro.

Problemas de articulações?

por Dr. Natiris, activo 19 Junho 2014, Saude, Suplementos naturais

Artrite caracteriza-se pela inflamação das articulações da coluna vertebral, do cotovelo, dos dedos, dos joelhos, dos punhos e dos tornozelos, que pode degenerar-se em atrofia. As principais causas são: infecções diversas amigdalite, doenças venéreas, focos dentários, septicemia, tuberculose, reumatismo, contusões, exposição prolongada ao frio, distúrbios nervosos, excesso de proteínas, stress e alcoolismo.

Quando a doença está na fase aguda, percebe-se vermelhidão e inchaço nas articulações afectadas, além de fortes dores e perda de movimentos. Na fase crónica prevalece uma sensação de fraqueza e surgem deformidades, por causa da atrofia dos músculos em torno da articulação. (articulações)

É necessário identificar o agente causador da doença e eliminá-lo completamente. O tratamento somente será bem sucedido se o paciente eliminar de sua dieta os alimentos produtores de ácido úrico (carne, principalmente miúdos, fígado e rins, pescados, ovos e legumes secos); bebidas alcoólicas, café, chá preto, cacau e derivados (chocolate). Substitua-os por alimentos alcalinizantes e frutas frescas da época. Os banhos de sol matinais e a prática de exercícios físicos moderados ao ar livre contribuem para a eliminação de ácido úrico.
Com Arterioforce da Avogel (http://www.avogel.pt/produtos/arterioforce/) pode reverter todos estes sintomas. Os princípios activos deste suplemento natural ajudam a aliviar as perturbações que acompanham a arteriosclerose, está também indicado para sintomas que se manifestam por uma diminuição dos desempenhos motores, transtornos na memória, falta de concentração, cansaço e zumbidos. (articulações)